segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Meus "ais"



Mamãe: tenha paciência comigo, não pragueje a Deus, cuida de mim; estou doente, preciso de você e está sempre a reclamar que dou trabalho, que tem que me banhar, não tenho forças para comer sozinha. Sabe por quê? Depois que eu morrer não adianta chorar os meus "ais".


20 comentários:

  1. Palavras lindas, que tocam!

    Beijo e uma óptima semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Triste lamento e toda mãe ao colocar um filho no mundo deve saber o trabalho que dá, mas tudo vale a pena! bjs,chica

    ResponderExcluir
  3. Tudo o que se precisa é viver o hoje, sentir o momento e cuidar com carinho das crianças que nos são confiadas, pois como dizes, não adianta chorar os "ais" os remorsos são "inferno" na terra né mesmo?
    Amo crianças!
    Abraços linda amiga!

    ResponderExcluir
  4. Melancólico teu miniconto,Dorli! Fiquei com peninha!
    Abraço,boa semana!
    Sonia

    ResponderExcluir
  5. Isso é verdade Dorli,precisamos ter paciência com nossas crianças,
    Não adianta chorar,quando perdemos,não só eles como outros,por exemplo:Amigos ou familiares.
    Adorei.
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Enquanto estamos vivos é que é fazer um esforço, porque depois não adianta realmente os ais.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Oh meu Deus, não podemos reclamar. Temos que vigiar sempre!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  8. Não seria tão triste, se não fosse tão verdadeiro!

    Dorli, fica com Deus e uma semana de benção pra ti!

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde Dorli.. e são muitos pela vida.. quanto mais amenizarmos os mesmos ais melhor... temos de transformar os mesmos em luz.. bjs e lindo dia

    ResponderExcluir
  10. É verdade Dorli.
    As mãos foram abençoadas com os filhos, e por isso precisamos ter paciência e amá-los muito!
    Beijos!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  11. Amiga querida, você já sentiu como o ser humano reclama, não? É, já deu pra perceber nesse seu texto. Teríamos de ser um pouquinho mais abnegados e conformados com as situações. "Depois...Inês é morta".
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs, "Inês é morta" é uma expressão da língua portuguesa e significa "não adianta mais". Hoje em dia a frase é usada para expressar a inutilidade de certas ações.

      Então como você disse:" depois que eu morrer não adianta chorar meus "ais", eu disse essa expressão que quer dizer: "não adianta mais"!!
      Beijo!! Aqui se usa muito essa expressão.
      http://www.significados.com.br/ines-e-morta/

      Excluir
  12. Devemos agradecer por que DEUS tudo faz, tenha uma semana abençoada.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá, querida Dorli
    Chorar após morte sem ter feito nada em vida ou até pouco menos do que poderíamos é perda de tempo...
    Linda mensagem de reflexão!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
  14. O cuidado materno que uma mãe lactante tem para com seus filhos, é algo puramente de Deus que deu a vocês este dom de sanar os ais expresso e berros e gritos por suas proles...
    Lindo texto Dorli....
    bj de carinho no coração

    ResponderExcluir
  15. Bom dia Dorli! Suas palavras além de tocante são sábias.
    Quando não se faz no momento necessário vai chorar o leite derramado após a morte...Por demais Irônico. É preciso atentar para o hoje, o agora. Parabéns amiga. Vc escreve lindamente.

    Bjs!

    ResponderExcluir