quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Primavera cultivada por cá


A cidade onde vivo
Praça da matriz

Todas abaixo são de um jardim da minha vizinha


Estradas circunvizinhas



Está chegando a primavera e no meu rincão essa estação não existe mais, as flores são as cultivadas. Onde estarão os pássaros que durante o dia cantavam pelas árvores e muitas vezes saíam em revoada fazendo aquele "barulhão"? À noite os pirilampos piscavam para a alegria da garotada. Hoje, ao redor da cidade só cana-de-açúcar, nessa época já cortada ficando o choro d'uma paisagem ressequida.
Que saudades das primaveras do meu tempo de menina onde ia conversar com as flores e animais; a ingenuidade infantil é o alento que guardo até hoje.
É triste que por aqui nunca mais comemoremos a primavera e o calor é intenso no inverno.

    As estações seriam bem definidas se não houvesse a ganância humana


16 Comentários:

Às 2 de setembro de 2015 04:49 , Blogger Elvira Carvalho disse...

Absolutamente de acordo. Sem a ganância da humanidade, o planeta não estaria em agonia
Um abraço

 
Às 2 de setembro de 2015 04:57 , Blogger Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Dorli
Um post elegante como pede a Estação nova que está por vir...
Gostei de cada pedacinho do seu recanto...
Bjm fraterno

 
Às 2 de setembro de 2015 05:13 , Blogger Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Dorli,simplesmente maravilhosa a sua cidade,me encantei com toda essa natureza linda de viver.
Parabéns por morar em um local de tanta paz e agora na Primavera mostrará mais ainda a sua beleza através das flores enfeitando os jardins.
Adorei.
Bjs e um ótimo dia.
Carmen Lúcia.

 
Às 2 de setembro de 2015 05:26 , Blogger Ivone disse...

Minha linda amiga Dorli, entendo muito bem esse seu sentimento, muito triste mesmo, ontem, meu marido e eu saímos de carro de manhã e fomos rever lugares onde levávamos nossos filhos pequenos, praias ao longo do litoral norte, entre elas as de Caraguatatuba, Ubatuba(fomos até perto do Rio de Janeiro), o que vimos foi triste, prédios construídos ao longo de toda a costa,( para camuflar a lei, deixaram somente umas vielas em espaços de alguns quilômetros), as praias são particulares agora!
Ah, até resolvemos voltar, pois antes de procurar hotel deu uma reviravolta no tempo e ventava muito com chuva, resumindo, só andamos de carro o dia todo!!!
Não se está salvando nada com essa ganância desesperada, matam as matas, matam as flores, matam os acessos às praias, estão matando tudo, é triste mesmo ver isso acontecendo.
Aqui onde moro foi arborizado já faz muito tempo, tenho minhas plantas em meu quintal, as ciclovias estão por toda parte, tenho vontade de mudar, mas não encontro nenhum lugar onde eu possa me sentir bem, acho que não há né amiga?
Suas lembranças são também as minhas, tempo bom que não volta mais, pelo menos dá essa linda inspiração e nos postas esse belo texto com lindas flores cultivadas!
Abraços e desculpe o texto longo!

 
Às 2 de setembro de 2015 05:45 , Blogger Bell disse...

Que lindo tudo ai mamis

bjokas =)

 
Às 2 de setembro de 2015 06:47 , Blogger Cidália Ferreira disse...

Boa tarde, Dorli

Que lindas imagens... Aqui tudo começa a cair, lool
Gostei da postagem

Beijo e um dia feliz
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

 
Às 2 de setembro de 2015 07:38 , Blogger ✿ chica disse...

As estações andam mesmo malucas, mas as flores, lindas! bjs, chica

 
Às 2 de setembro de 2015 08:08 , Blogger Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Lindo e belas fotografias cá por este lado é a altura da queda das folhas.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

 
Às 2 de setembro de 2015 09:52 , Blogger Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Dorli!
Estou encantada com a tua gostosa cidade, apesar de tudo, é linda!
É uma pena mesmo tudo o que está acontecendo em nosso país!
Um grande abraço!
Mariangela

 
Às 2 de setembro de 2015 10:25 , Blogger Tais Luso disse...

Estamos em plena destruição do planeta, Dorli, a especulação imobiliária e a ganância são pares reais. Temos de nos contentar com violetinhas e outras coisas quando podemos fazer algo pequeno em nossas casas, ainda mais aqueles que moram em apartamento, um jardinzinho na sacada... Também lembro de uma paisagem bem diferente. Minha filha morava num apartamento em que o jardim da vizinha, era lindo, e como eu curtia... kkk Agora é outro ap.
Beijinho!

 
Às 2 de setembro de 2015 18:24 , Blogger Pedro Luso disse...

Sempre é bom esperarmos pela Primavera, Dorli, mesmo que não tenha os mesmos encantos que outras primaveras; ela ainda nos brinda com a beleza e o perfume das flores... Ainda há alguma esperança.
Abraços.

 
Às 3 de setembro de 2015 01:30 , Blogger Manuel disse...

Me ha gustado mucho tu ciudad y sobre todo ese jardín tan bien cuidado.
Un abrazo.

 
Às 3 de setembro de 2015 02:21 , Blogger O meu pensamento viaja disse...

Aqui, aguardamos a chegada do doce e belo outono.
Beijo

 
Às 3 de setembro de 2015 02:31 , Blogger Nequéren Reis disse...

Bom dia querida show de imagens belas arvore arrasou
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

 
Às 3 de setembro de 2015 14:34 , Blogger Lourdinha Vilela disse...

Oi Dorli, apesar de ser uma triste constatação seu texto ficou lindo e poético." Onde estarão os pássaros que durante o dia cantavam pelas árvores e muitas vezes saíam em revoada fazendo aquele "barulhão"? À noite os pirilampos piscavam para a alegria da garotada." Adorei. Grande abraço.

 
Às 4 de setembro de 2015 23:15 , Blogger tesco disse...

Monoculturas acabam com tudo, seja cana, seja
café, seja soja... A beleza e oportunidades estão na
diversidade. Esta só não dá vantagens aos gananciosos, que são muitos e detêm o poder.
Parece que a gente só pode é dizer: Ah é, é?
Beijos.

 

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial