segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

A vida é como um trem em movimento


Nossa vida é como um trem em movimento, entramos nele quando somos bebês, ao chegarmos à primeira estação já somos jovens rebeldes.
No caminho da segunda estação muitas mudanças nos acontecem. Conhecemos o amor e as desilusões, mas temos que continuar até chegarmos a terceira estação.
Nessa estação já estamos mais maduros, trabalhando muito conseguimos nos casar com uma bela mulher aos nossos olhos, e os filhos vão crescendo. Com esses fedelhos temos que chegar até a quarta estação e, já crescidos nos abandonam na última estação. Que solidão!

É o fim da linha, o trem está velho e não consegue o seu movimento para chegar novamente à primeira estação.



18 comentários:

  1. Um belo texto gostei de o ler.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. É muito triste ficar na solidão quando já estamos quase na hora da grande viagem,mas se soubermos adubar,bons frutos colheremos.Assim espero!!
    Palavras para muitos filhos refletirem.
    Bjs Dorli e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há adubo que nutre por muito tempo, muitos filhos fingem amor para não perder a herança.

      Excluir
  3. Texto maravilhoso amei, tenha uma semana abençoada.
    Vídeo Novo:https://www.youtube.com/watch?v=QTTJlojHXF8
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nem todos os filhos abandonam os pais embora eles tenham que construir o seu próprio ninho, como nós construímos os nossos.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem pais tão maldosos, que os filhos não veem a hora de deixar a casa dos pais e sumir para bem longe e, muitas vezes nem vêm para o enterro.
      É a lei do retorno!

      Excluir
  5. Olá, querida Dorli
    E vamos caminhando pois vale a pena aproveitar, com sabor, toda vida que ainda nos resta!
    Bjm fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveitar como se quando ficamos velhos nem os filhos vêm nos visitar. Ainda dizem que a educação era diferente. Sabe Rosélia, não são os filhos que são ruins, são as leis que chegaram para protegê-los.

      Excluir
  6. Boa tarde amiga
    Um texto belíssimo, no qual concordo com o seu título!

    Beijinhos e um dia feliz
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Bela analogia da vida, assim é e assim também pode até ser mudada, ainda bem, "conduzimos nosso trem" tudo segue sem grandes atritos, não se pode sair dos trilhos!
    Abraços linda amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas com a modernidade de hoje, os filhos saem dos trilhos e muitas vezes nem os pais percebem.

      Excluir
  8. Tem muita verdade nesse texto, na última estação, se não estivermos preparadas, dá-se o conhecido "ninho vazio" - para as mulheres, lógico, que se dedicaram aos filhos, esqueceram de si, e quando saem de casa ficam feito moscas tontas... E agora??? É preciso pensar um pouco em si.
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto faz a gente ter dez filhos como um. Quando eles crescem a namorada é melhor, não é chata, só o que nos confortam é que irão passar pelos mesmos trilhos que nós.

      Excluir
  9. A vantagem desta viagem é de podermos cruzar com muita gente...assistindo a partidas e chegadas!...bela escolha e bj

    ResponderExcluir
  10. Magnífica Metáfora del Tren y de la Vida.
    En cualquier caso; en el apeadero de la 4ª estación, si llegamos, tenemos que intentar ser Felices y mentalizarnos de que hemos hecho un buen Trayecto y ahora debemos reposar y ver la Vida desde un Prisma diferente.
    Feliz Natal y Bon Ano Novo.
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
  11. É o fim da linha, o trem está velho e não consegue o seu movimento para chegar novamente à primeira estação.

    Isso sem falar que a caldeira já não queima mais a lenha. Rsrs. Belo e verdadeiro texto.

    Beijos e uma ótima semana para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  12. Que bonito e verdadeiro texto, Dorli querida
    O meu "trem"tá bem devagar...rs
    Te desejo um feliz Natal e tudo de melhor.
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos.

    ResponderExcluir
  13. Todas las estaciones de la vida son hermosas tan solo hay que ir acceptantes y vivirlas lo mejor posible.
    Un abrazo

    ResponderExcluir