quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Rosa vermelha: Para todos os meus amigos virtuais.



No lindo jardim da vida, és a mais bela e sutil, tua cor se assemelha ao sangue que é vida e nos dá prazer.Viva a rosa vermelha, sacudindo os sonhos perdidos, vigorando o amanhecer. Rosa, eis que és aveludada tal qual a pele de um bebê, se murchares virão outras quantas saudades terei de ti.
Nos jardins da vida, um dia irei te encontrar, os meus olhos brilharão como brilha o teu encantar. Nesses escritos te enobreço, pois rosas são como o tempo, morre uma hoje para ressurgir outra amanhã.
Um buquê de rosas vermelhas irei sempre admirar, pois sempre irei recordar  e rever-te. Oh! rosa vermelha bela e aveludada.
Na minha sonolência eterna tu e outras irão me velar, mas a que segurarei na mão serás tu rosa vermelha e aveludada.


16 comentários:

  1. Um belo texto que gostei de ler.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto! Obrigada pela rosa.

    Beijo e um dia feliz.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. É a minha preferida, Dorli: Rosa Vermelha!
    Durante os 30 anos de união,sempre recebi rosas vermelhas do meu eterno companheiro.
    Obrigada,
    beijo,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  4. ¡Ay Dorli!!!

    Que bello mensaje poético le dedicas a esa exquisita rosa roja. Me ha encantado, felicidades.

    Te dejo un abrazo mi gratitud y mi estima.
    Felices fiestas navideñas y un muy propicio año nuevo.

    Nos vemos en enero, si Dios quiere.

    ResponderExcluir
  5. Linda mensagem Dorli e obrigada pelas rosas vermelhas que eu adoro,sejam de qualquer cor,são sempre rosas.
    Bjs e um ótimo dia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Recebo com alegria.

    bjokas no coração =)

    ResponderExcluir
  7. ACRÓSTICO
    Às rosas de sangue

    Porque disse o vate: uma rosa é uma rosa
    Uma afirmação para sempre perfeita, pois
    Na nossa vida real, nem assim tão airosa
    Há muito mais coisas entre o já e o depois.

    Assim aquela rosa que tão benvinda fora
    Indicando que amor é sentimento especial
    Saiu-se no fim tal como caixa de Pandora
    Deixou perfume, adquiriu gume de punhal

    E o que era sonho tornou-se um pesadelo
    Recende a ódio a pétala antes perfumada
    O que caloroso era esfriou a ponto de gelo.

    Sozinho agora é tomar uma nova estrada
    A fim de ser aquilo que não poderia sê-lo
    Saindo no mundo sem querer mais nada.

    ResponderExcluir
  8. Que linda rosa amiga, obrigada!
    Lindo texto Dorli. As rosas sempre encantam e trazem recordações!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderExcluir
  9. Belíssima mensagem Dorli, obrigada. Beijos

    ResponderExcluir
  10. A rosa vermelha e a poesia caminham de mão dada!!! Gostei...bj

    ResponderExcluir
  11. Oi Dorli
    Lindo poema, e me considero uma amiga viu,adorei o emprego da rosa no poema , ficou lindo.

    beijinhos

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ela é uma rainha entre as flores...alegra uma casa, ilumina o olhar de quem recebe, a rosa vermelha expressa entrega total, no amor e na amizade.
    Um carinhoso abraço!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  13. Lindo Dorli! Seguramente uma das melhores coisas que já li por aqui, descrevesse lindamente a rainha das flores. Vermelha é a minha cor favorita, por sinal. E que coincidência também falo de rosas no poema postado essa semana, dá uma passadinha, tá convidada, vê, rs. E claro, se interessar. Beijos, Minicontista.

    ResponderExcluir
  14. E quem é a rosa escarlate do Minicontista?
    Só pode ser a nossa querida Rosa Dorli!
    Beijão, amiga!

    ResponderExcluir
  15. Lindo poema, são lindas as rosas vermelhas, eram as preferidas da minha mãe.
    Seu poema me fez lembrar que, quando minha mãe morreu, foi em maio, logo depois do golpe do Collor e as flores não poderiam ser escolhidas, estavam em falta por causa do bloqueio bancário do dinheiro de todos,e aleatoriamente as flores liberadas foram as rosas vermelhas que minha mãe gostava,nossa, nem sabia se eu chorava pela morte de minha mãe ou por saber que ela levaria as suas lindas rosas vermelhas!
    Desculpe ter exposto aqui um momento triste.
    Abraços linda amiga, obrigada pela rosa!

    ResponderExcluir