sexta-feira, 31 de julho de 2015

Adeus


Vou dar adeus a tristeza da minha alma, beber a gota do orvalho das folhas nas madrugadas frias, pois quero viver e amar como eu mereço. E vou ser muito feliz.




segunda-feira, 27 de julho de 2015

A espera



Esperei por você o dia todo num campo florido e a chegada do pôr do sol ocultou minha solidão sorrindo para mim.