domingo, 5 de junho de 2016

Quero



Quero desalinhar um pouco mais os teus cabelos, jogá-los para trás e beijar-te devagarzinho. Teus cabelos são tua única vestimenta e ao beijar teus lábios, enlouqueço de paixão. Meu corpo todo queima e ao abraçar-te começo a tremer, te pego no colo coloco-te na cama do amor, aperto-te no meu peito e de repente choro. Por quê? Esta deusa está no céu havia dois meses, era minha mulher. Debulhei em lágrimas.

8 comentários:

  1. Um texto muito dramático.
    Gostei do novo visual está muito melhor.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Lindo!! =)

    Excelente semana.
    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Com os dedos das suas mão delicadas,
    você escreve poema de amor e paixão
    porquanto, se debulhou em lágrimas
    dos seus lindos olhos caídas no chão!

    Tenha um bom dia, amiga Dorli Silva Ramos, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Eduardo, choro à toa, principalmente quando vejo alguns amigos no meu blog
    Obrigada
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  5. Triste,mas escrito com extrema delicadeza.
    Bjs Dorli.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Mamis uma linda semana pra senhora.

    bjokas=)

    ResponderExcluir
  7. As tristezas que povoam nosso céu
    Noites de estrelas e noites sem luar.
    Sentimento acelerado amiga.
    Bjs

    ResponderExcluir