sábado, 13 de agosto de 2016

Meu pai



Meu pai amava a rosa vermelha
Eu amo meu pai e a rosa vermelha
Faz dezessete anos que você se foi
Era meu arrimo, minha vida e meu anjo protetor
Isso
Porque era meu pai do coração
Carregava-me no seu pescoço
E seu amor era incondicional
Quantas saudades sinto de você papai
Hoje faz dezessete anos!!
Fiquei doze horas, grudada no seu caixão
Por nenhum motivo me saí dali
Desceu a tumba
A vida escureceu
Mas tinha marido e filho
A vida tinha que continuar
Adeus pai
Martim
Um dia nos encontraremos
( Dorli )
                         

10 comentários:

  1. Saudades, não? Linda homenagem! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Linda homenagem Dorli. A finitude da vida é triste né? O tempo vai passando e continuamos amando os entes que se foram com as lembranças. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Triste mas belo! A saudade que dói.

    Bom Domingo
    Beijo
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Uma linda homenagem ao se pai Sr.Martim.
    Tenho absoluta certeza que um dia haverá esse reencontro.
    Bjs Dorli e Feliz dia dos Pais.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  5. Uma linda homenagem florzinha.♥
    Um lindo domingo, beijos no coração...

    ResponderExcluir
  6. Linda homenagem Dorli! Que saudade, né amiga?
    Beijos e feliz semana!
    Amara

    ResponderExcluir
  7. Um texto emocionante. E uma linda homenagem a seu pai.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  8. Bela homenagem arrasou, obrigado pela visita,
    tenha uma semana abençoada.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  9. Muito bonito, que saudades, não? Nossa...
    Linda homenagem.
    Beijo! Boa semana.

    ResponderExcluir