quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Eu sou...




Eu sou um campo de girassóis que faz bronzear todo teu corpo, sou a chuva que te molha, sou o alvorecer que te faz acordar para a vida, sou o Sol escaldante que te faz correr de mim, sou a sombra que te protege do Sol, sou a tua sombra que cuida de ti, sou o homem que te ama eternamente e esse homem não pode amar-te e nem beijar-te, pois só me sobra tua sombra.

11 comentários:

  1. Um amor impossível é sempre um amor triste.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Lindo minha amiga e muitas vezes infelizmente só temos a sombra.
    Um abraço e bom fim-de-semana.
    Andarilhar

    ResponderExcluir
  3. Lindo. Mas eu diria um campo de Malmeques (margaridas) Lool

    Beijo e bom fim de semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Um maravilhoso fds pra vc.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Um amor feito de recordações, inspira lindas poesias como a sua
    abraços

    ResponderExcluir
  6. Amores impossíveis são assim...
    Mas o texto é excelente. E muito poético. Gostei.
    Dorli, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Um ótimo final de semana Dorli.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. Puxa vida... um amor tão intenso merecia ser vivido em sua plenitude. Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Texto bem reflexivo...
    Tentei deixar comentários no Lua Singular e não consegui...
    Um abraço e muita paz...

    ResponderExcluir