quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Meu titico






Meu anjinho
O porquê da tristeza
É tão lindo
Bom tê-lo pra mim.

Você é titico
Não pode ser triste
Nem conhece a
palavra tristeza.

Uma bola vou buscar
Na rua vai chutar
Talvez será goleiro
vai depender de você.

Tua mamãe o ama
e eu também
Me dê um sorriso
que darei meu amor.

Você irá crescer
eu já velha
irei no campo
Torcer pra você.

É gol, foi teu
irá sair do Brasil
sabe, vou chorar
Você cá nunca veio.

Batem na porta
Entra, eu falo
Quando vejo meu titico
Coração acelerou.

Agora não sou titico
Sou Titico rico
Vou levá-la comigo
Pois sempre me amou.

Não posso ir
quase não ando
Enquanto eu viver
vou amar o meu titico.

8 comentários:

  1. Dormi,

    Que bebê lindo. Ele me lembra meu neto Gustavo, enquanto era bebê zinco. Mas o meu era um menino muito feliz.
    Lindo e carinhoso o seu conto.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Tão terno!
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  3. Fabuloso! adorei

    Beijinhos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  4. Que lindo o TITICO e a poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  5. Que lindo esse fofinho titico,que virou um homem poderoso.
    Adorei Dorli.
    Bjs e um ótimo carnaval.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. A expressão do 'Titico' é linda! Parece indagar do seu futuro!
    Beijo, Dorli!

    ResponderExcluir
  7. Bonito texto Poético. Imagem marcante.
    Parabéns.

    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir