quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

O convite a viagem




França

Minha filha e irmã.
Pensa na manhã
Em que iremos longe, em viagem
Amar a valer
Amar e morrer
No país que é a tua imagem!
Os sóis, entre véus,
Desses turvos céus

Para mim tem todo encanto
Cruel e singular
Do teu falso olhar
Brilhando através do pranto.

Lá  tudo é ordem, nitidez,
Luxo, calma e languidez

 Guilherme de Almeida, 
introdução de Manuel Bandeira


8 comentários:

  1. Sonhar faz bem! Linda poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Dorli,agora fiquei sonhando com esse convite maravilhoso através dessas palavras de Guilherme de Almeida.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Dorli, linda escolha do poema, amei ler, ainda não conheço Paris, mas conheço bem todas as partes turísticas desse imenso Brasil, sempre achei que seria melhor viajar por aqui primeiro, tentar pelo menos entender os vários países em um só, é o que é o Brasil, vários países dentro dele!
    Abraços linda amiga!

    ResponderExcluir
  4. Maravilhosas viagem!

    Beijo
    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. MUCHAS GRACIAS POR COMPARTIR.
    ABRAZOS

    ResponderExcluir
  6. Show de poema, Dorli, dá uma vontade de passar uns tempos fora do Brasil...Ah, dá! E nós, brasileiros, sabemos a razão.
    Beijo, querida.

    ResponderExcluir
  7. O sonho é coisa boa
    Que nos pode consolar.
    Seja Paris ou Lisboa,
    O sonho vai-se espraiar
    Até se realizar.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o poema, nem o poeta. Também não conheço Paris, e quem não sonha com uma viagem até lá?
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir